domingo, 31 de julho de 2016

Fotografias Antigas de Alvor


sábado, 30 de julho de 2016

Visite Olhão... capital da Ria Formosa

quinta-feira, 28 de julho de 2016

"Noivo por Acaso" no Teatro Municipal de Portimão


Vítor Moreira (Fernando Mendes) é um empreiteiro que é chamado para fazer um orçamento para uma obra de remodelação de uma empresa. Acontece que essa empresa não é uma empresa qualquer. Trata-se de uma agência matrimonial, facto que Vítor Moreira não sabia. E não só não sabia que era uma agência matrimonial, como também não sabia o que era uma agência matrimonial.

O que supostamente seria um dia de trabalho normal, rapidamente se transformou no dia mais longo da vida de Vítor (e não só). Isto porque no dia e na hora em que Vítor vai fazer o orçamento, o dono da agência matrimonial está à espera de um cliente milionário (um português que é banqueiro em Nova Iorque), que por sua vez também está à espera de sair daquela agência já noivo, nesse mesmo dia.

Vítor é confundido com o banqueiro e, por força das circunstâncias, terá de se fazer passar por ele junto do grupo de candidatas que o dono da agência já selecionou para o banqueiro escolher para sua futura mulher.

Ora, como se adivinha, a partir deste momento, inicia-se uma viagem sem retorno de enganos e faz-de-conta, repleta de situações hilariantes que tem tudo para não acabar bem, até porque o jeito que Vítor tem para as mulheres só é comparável ao que o banqueiro teria para fazer uma obra...


“NOIVO POR ACASO” é uma comédia escrita por Frederico Pombares, Henrique Dias e Roberto Pereira.

Informação retirada daqui

terça-feira, 26 de julho de 2016

Summer Experience Portimão na Praia da Rocha


Summer Experience Portimão será o novo espaço de animação noturna no areal da Praia da Rocha, junto à Fortaleza de Santa Catarina, que de 29 de julho a 27 de agosto assegura noites animadas por grandes nomes da música.

O espaço mudou de nome e de promotores. A proposta feita à Câmara Municipal de Portimão pela empresa «Fórmula Positiva», do empresário Paulo Lopo, para a exploração do local nas próximas noites da época alta do turismo, foi algo inédito.

«Foi aprovado por unanimidade na reunião da autarquia», afirmou Isilda Gomes, presidente da Câmara Municipal de Portimão. A contrapartida para ficar com o espaço no areal da Praia da Rocha, segundo a proposta, é de «30 mil euros à cabeça para a ação social, para distribuirmos por instituições de solidariedade social», divulgou a edil portimonense.

A Câmara Municipal não deixou passar a oportunidade, até porque «não nos sendo a nós possível distribuir dinheiro pelas instituições, esta é uma forma de o fazermos», deixando, na mesma, que o espaço seja explorado como tem sido há vários anos. Desta vez, as contrapartidas têm, contudo, um carácter social. Por outro lado, o promotor acabar por publicitar Portimão em todo o país, havendo o retorno da imagem da cidade para o turismo. «Ainda nos dá três por cento da faturação. Não é de lucro», é do total faturado, assegurou a autarca.

A festa de inauguração do espaço está marcada para o próximo dia 29 de julho. O cartaz conta com diversos nomes. Além de Ruuben K como DJ residente, nas outras noites há presenças confirmadas de F1 Nautica (30 de julho), Pete Tha Zouk (3 de agosto), Kelli-Leigh (6 de agosto), Osmani Garcia, Olga Ryazanova, Charly Black, Eva Simons, Virgul, Dubvision, Yudi Fox, Ferreck Dawn, Boy Teddy, DjeffAfrozila, Matay.

Informação retirada daqui

FATACIL celebra a Lagoa - Cidade do Vinho 2016

A 37ª edição da FATACIL recebe o público e expositores, entre 19 e 28 de agosto, num espaço renovado e celebra Lagoa como a «Cidade do Vinho 2016», homenageando uma das mais conceituadas e reconhecidas regiões vitivinícolas do Algarve.

O Artesanato, o Turismo, a Agricultura, o Comércio e a Indústria voltam a ser as áreas privilegiadas de exposição da FATACIL, que mantém a sua tradição de qualidade e diversidade na oferta ao público e, este ano, surpreende os visitantes com um visual renovado do Parque Municipal de Feiras e Exposições de Lagoa, moderno e atraente.

Melhores condições de segurança, uma maior fluidez na circulação do público e um espaço mais amplo e aberto são algumas das novidades do recinto da FATACIL, onde é inaugurado, nesta 37ª edição, o Espaço Lounge, que acolhe o «aMAR a TERRA» e onde é possível conhecer o que de mais genuíno existe no Algarve, desde a “Flor de Sal” ao mel, aos enchidos, gastronomia ou vinhos.

Os vinhos, nomeadamente os da região de Lagoa, nomeada “Cidade do Vinho 2016”, têm destaque na edição deste ano da FATACIL, na qual se apresenta o Lagoa Reserva DOP 2014, que estagiou submerso, por mais de 3 meses, no Sítio das Fontes, no Rio Arade.

A excelência deste vinho convida à realização de um brinde, com o qual se pretende juntar o maior número de participantes, tornando-o uma celebração digna de se registar no Guinness Book of Records.

A espetacularidade é também a marca do programa FATACIL Equestre, com inúmeras provas de equitação e, na edição deste ano, com a presença do cavaleiro francês Gari Zoher – que se apresenta pela primeira vez em Portugal – e do Campeão do Mundo de Equitação de Trabalho, Pedro Torres.

Os visitantes da FATACIL têm a possibilidade de ver uma exposição de cerca de 70 cavalos da raça Lusitana ou fazer o seu batismo equestre, experimentando andar a cavalo pela primeira vez.

Um cartaz musical de qualidade e com uma grande diversidade é um carimbo da FATACIL, que este ano apresenta nomes como DAMA, Anselmo Ralph, The Gift, Agir, Miguel Araújo, Quim Barreiros, Rita Guerra, Mickael Carreira, Ana Moura e Rui Veloso.

A Câmara Municipal da Lagoa assume a liderança da 37ª edição da FATACIL e reafirma o certame como o maior evento do verão algarvio e centro de dinamismo económico da região, com mais de 200 mil visitantes em cada ano.

A FATACIL é hoje uma marca inequívoca de Lagoa, concelho que este ano celebra os 243 anos da sua fundação sob a sigla «A Nossa Gente. A Nossa Identidade».

Informação retirada daqui

domingo, 24 de julho de 2016

Danças de Salão no Centro Comunitário de Alvor


Rádio e espetáculo ao vivo em Esculturas de Areia

Um concerto de guitarra e uma emissão da Rádio Utopia serão realizados no Festival Internacional de Esculturas em Areia, em Pera, no próximo domingo, 24 de Julho, a partir das 18:00h, numa simbiose entre música e escultura. 

Rui Estêvão, o guitarrista que atuará no palco do FIESA, rodeado pelas figuras em areia de artistas como Zeca Afonso, Marisa ou Paco de Lucia, é o músico convidado por esta rádio de Lagos que aposta na divulgação de nova música portuguesa, predominantemente música alternativa e rock. 

O programa será conduzido por Sandra Estêvão, que interagirá com o público durante a emissão que deverá terminar pelas 22:00 horas, sendo o concerto de Rui Estevão, um jovem prodígio da guitarra acústica, a partir das 20:30 horas. 

Saliente-se que, por outro lado, durante o mês de agosto haverá no FIESA demonstrações de escultura em areia em que o público poderá ver a criação de uma peça desde a areia empilhada e compactada até à sua transformação numa figura ou num objeto relacionado com a cena da exposição em que se insere. 

Recordamos que o FIESA exibe 40 mil toneladas de areia transformadas em imponentes esculturas dedicas ao tema Música, em que os visitantes podem fazer uma viagem lúdica sobre a expressão musical em várias épocas e continentes e ver esculpida uma série de ídolos musicais que têm marcado o panorama musical nos últimos anos, como Elvis Presley, BB King, Frank Zappa, Bono, Madonna ou David Bowie. 

Este festival é considerado o maior evento do género pela quantidade de areia utilizada, pela área ocupada, de 15 000 m2, e pela dimensão das esculturas, que chegam a atingir os doze metros de altura. 

A exposição foi esculpida por cerca de sessenta artistas de várias partes do mundo, entre eles escultores detentores de vários prémios em escultura em areia e gelo e novos talentos desta forma de expressão artística, que, individualmente e em conjunto, criaram peças de grande impacto estético. 

As diferentes esculturas estão organizadas em zonas temáticas retratando vários géneros musicais como, por exemplo, o jazz, o pop, o rock e a música clássica, ou a música portuguesa e a música tradicional de vários países, a música infantil e cenas sobre a influência musical no cinema, no circo e no teatro. 

O recinto do Festival, aberto entre as 10:00 e as 24:00 horas integra, ainda, zonas de lazer e restauração, um espaço onde as crianças podem brincar e esculpir em areia, projeções de vídeo, jogos e concursos sobre as esculturas. 

Informação retirada daqui

Lagoa cai na tentação dos doces conventuais


O município de Lagoa está a promover mais uma edição da Mostra do Doce Conventual, até ao próximo domingo, no local onde foram produzidos pela primeira vez – há três séculos – os célebres “Dom Rodrigo”. Neste evento, onde é difícil resistir à tentação, os doces são servidos por freiras e frades vestidos a rigor

A Mostra do Doce Conventual de Lagoa, cuja 14ª edição arrancou ontem e prolonga-se até domingo, é uma das festas mais doces da região, atraindo anualmente milhares de visitantes nacionais e estrangeiros a este concelho.

Neste evento é possível saborear “todo o tipo de bolos, compotas, mel, frutos secos caramelizados, medronho, vinhos do Algarve, chás, ginginha em copo de chocolate, entre outras iguarias produzidas por casas especializadas em doçaria conventual e regional”, destaca a organização, a cargo da autarquia local.

As portas abrem às 18h00 e encerram cerca da 1h00, sendo que a entrada é gratuita.

Nuno Couto | Jornal do Algarve

sábado, 23 de julho de 2016

Sardinha sai à rua em parceria com os restaurantes em Portimão


Entre 3 e 7 de Agosto a sardinha volta a ter as honras da festa no Festival da Sardinha, numa organização da Câmara Municipal de Portimão.

Para os apreciadores da Sardinha, o Festival apresenta-se com duas grandes novidades: o “Aqui há Sardinha!”, uma insígnia que os tradicionais restaurantes da Sardinha Assada vão exibir e a “Sardinha & Companhia”, que pretende dar a conhecer as alternativas existentes na confeção da Sardinha.

Estes dois novos produtos do Festival resultam de uma parceria dos restaurantes tradicionais e estabelecimentos locais com o Município de Portimão e permitiu que a edição de 2016 do Festival conte com o número recorde de 28 estabelecimentos aderentes.

Sublinha-se que cada um destes estabelecimentos contribuiu com um montante simbólico que será diretamente pago a artistas e associações culturais locais que assegurarão a animação de rua e do espaço envolvente, num esforço conjunto que pretende integrar, envolver e dinamizar toda a baixa e zona ribeirinha da cidade.

Para os apreciadores da suculenta Sardinha Assada, e sob o lema “Aqui há sardinha!”, quem visite o Festival entre 3 e 7 de agosto, poderá apreciar a bela da sardinha assada com a batata cozida e a tradicional salada à algarvia num dos 13 restaurantes oficiais: À Ravessa, Casa Bica, Dona Barca, Forte e Feio, KiBom, Mané, O Pipo, Peixarada, Retiro do Peixe Assado, Taberna da Maré, Trinca Espinhas, Ú Venâncio e Zizá.

A “Sardinha & Companhia” proporcionará aos visitantes a oportunidade de degustar Sardinha das mais variadas formas: de escabeche, em filete ou de conserva, passando pela doçaria, as saborosas alternativas podem ser degustadas num dos 15 estabelecimentos aderentes – A Casa da Isabel, Alameda Park, Barca Arade, Café do Túnel, Café Pastelaria “O Nacional”, Carvi Marisqueira, Casa da Tocha, Esplanada 1º Dezembro, Kalahary, Mercado Daqui – Mini Mercado, O Mariola, Pastelaria Arade, Pote Cheio, Taberna de Portimão e Táscá.

A Sardinha no Pão manteve-se e promete encher a zona ribeirinha de Portimão do mais tradicional e característico aroma da sardinha assada. Terá lugar à semelhança do ano passado junto à antiga lota e vai ser confecionada e comercializada nos pontos da GEJUPCE e do Boa Esperança. Para os que menos apreciem a sardinha assada, os menus de petiscos regionais continuarão a ser uma opção na zona dos expositores.


Destaque para o excelente cartaz de artistas nacionais que todas as noites, pelas 22h00, sobem ao palco e que por si só são motivo para uma visita ao Festival. Dia 3/08 – Deolinda; Dia 4/08 – Carolina Deslandes; Dia 5/08 - Carminho; Dia 6/08 – Herman José; Dia 7/08 – Orquestra de Acordeões e o Quarteto Manuela Lopes, pelo Conservatório de Música de Portimão, com o apoio da Cultugarve.

Haverá ainda Música no Coreto, diariamente entre as 19h30 e as 21h30, a cargo da Junta de Freguesia de Portimão, com sonoridades várias que vão desde o Fado à Música Popular e Música dos anos 60, 70 e 80.

O artesanato tem igualmente presença obrigatória neste evento e conta com a participação de expositores que trazem até Portimão o artesanato local, nacional e internacional, e ainda produtos do sector agro-alimentar e doçaria.

A chegada ao Festival da Sardinha poderá ser feito de diversas formas. Quem se deslocar de carro, poderá estacionar no Largo do Dique (5 minutos a pé); nos parques cobertos na Alameda (10 minutos a pé) e no Largo 1º de Maio (5 minutos a pé), na zona “Entre Pontes” (2 minutos a pé) e no Parque de Feiras e Exposições (10 minutos a pé). O Vai e Vem - Circuito Urbano de Portimão - é outra das hipóteses para chegar ao Festival da Sardinha, para quem se desloca entre a Zona Ribeirinha e a Praia da Rocha, através da Linha nocturna 3N que assegura a ligação Largo do Dique/Fortaleza (Praia da Rocha).

O Festival da Sardinha começa pelas 19h00 e encerra diariamente à 01h00. O acesso é livre.

O Festival da Sardinha é uma organização da Câmara Municipal de Portimão, em parceria com a Associação Turismo de Portimão, Junta de Freguesia de Portimão, APS - Administração dos Portos de Sines e EMARP, conta com o patrocínio da Malo Clinic, No Solo Água, Socialgar Seguros, Sagres, Coca-Cola e Delta Cafés, e com o apoio da Cultugarve, Conservatório de Portimão, Alberto Oculista, Barlavento - Semanário Regional do Algarve e Turismo do Algarve. Tem ainda como rádio oficial a Alvor FM.

Toda a programação do Festival da Sardinha pode ser consultada em www.festivaldasardinha.pt.

Informação retirada daqui

Campeonato do Mundo de F1 em Motonáutica está de volta a Portimão


Portimão volta a acolher o Grande Prémio de Portugal de Fórmula 1 em Motonáutica. A prova decorre entre os dias 29 e 31 de julho no estuário do rio Arade e regressa com o aliciante de incluir dois espetáculos desportivos imperdíveis na modalidade de F4 e F1.

Inserido numa estratégia de longo prazo do promotor internacional da modalidade e dos seus patrocinadores e beneficiando ainda do interesse demonstrado pela Associação de Turismo de Portimão para manter em Portugal um evento de nível mundial, a prova regressa ao estuário do Rio Arade sem que isso represente qualquer investimento financeiro por parte da Câmara Municipal de Portimão, que assegurará somente o apoio logístico no local.

O estuário do rio Arade foi palco de 13 grandes prémios de Fórmula 1 de motonáutica, entre 1999 e 2011 e em 2016 volta a garantir o regresso das grandes figuras da modalidade às águas de Portimão. O Grande Prémio de Portugal será a terceira corrida da temporada, depois das provas do Dubai (realizada a 4 de março) e França (realizada a 17 de julho, em Evian).

Após a passagem por Portimão seguem-se seis provas na Ásia, que encerrarão o calendário.

A velocidade e o espírito competitivo têm no estuário do rio Arade um palco privilegiado, onde as emoções fortes estão asseguradas e se vivem momentos inesquecíveis com os melhores pilotos e equipas do mundo desta modalidade. A zona do Paddock é espelho de um verdadeiro ambiente internacional com equipas dos diferentes países participantes e o público em geral vai poder visitar esta zona nos dois dias da prova.

Esta prova é uma organização da F1h20/UIM, com organização local da Associação Turismo de Portimão e Município de Portimão, contando com o apoio local da Capitania do Porto de Portimão; Administração dos Portos de Sines e do Algarve, S.A., EMARP e Turismo do Algarve, com o apoio técnico da Federação Portuguesa de Motonáutica e do Clube Naval de Portimão e o patrocínio do grupo Interpass; Autorent; Delta cafés, restaurante Myself e Portimão Summer Experience.

PROGRAMA
Sexta-feira, 29 jul. 
09:00 Verificações técnicas 
12:00 Registo de Equipas 
14:00 Treinos livres F1

Sábado, 30 jul. 
09:00 Briefing Pilotos 
10:00 Treinos livres F1 
11:00 Demonstração – F1 2 lugares 
13:00 Treinos Cronometrados F1 
14:30 Treinos Livres F4 
14:55 Treinos Cronometrados F4 
15:20 Grande Prémio de Portugal F4 em Motonáutica – 1ª Corrida
F4 RACE 1 
16:00 Qualificação F1 – 8 primeiros classificados

Domingo, 31 jul. 
09:00 Treinos livres 
09:25 Treinos Cronometrados F4 
09:50 Grande Prémio de Portugal de F4 em Motonáutica – 2ª corrida
F4 RACE 2 
10:30 Treinos Livres F1 
11:30 Demonstração - F1 de 2 lugares 
13:20 Volta de Apresentação 
13:30 Grande Prémio de Portugal de F1 em Motonáutica - F1 Grand 
Prix of Portugal
14:40 Cerimónia de Entrega de Prémios

Local: Estuário do Rio Arade

VISITAS* GUIADAS AO PADDOCK ABERTAS AO PÚBLICO:
Horário:
Sábado, 30 jul:
11h00 » 11h15 » 11h30 » 11h45

Domingo, 31 jul:
11h30 » 11h45»12h00»12h15

*limitada a 10 pax/por cada grupo. (Inscrição gratuita no ponto de informação/entrada da prova)

Informação retirada daqui

Postais Antigos de Alvor


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos