sábado, 29 de outubro de 2016

Dormidas de estrangeiros em alta na hotelaria algarvia


Um milhão mais até agosto, em relação a 2015. Franceses juntam-se a britânicos, alemães, holandeses e irlandeses no top-5. Número de portugueses desceu nos primeiros oito meses do ano

A hotelaria do Algarve registou cerca de três milhões de dormidas em agosto, valor que representa 0,7 por cento a mais em relação ao mesmo mês do ano anterior, acaba de revelar o Instituto Nacional de Estatística (INE). Dessas dormidas, dois milhões foram realizadas por turistas estrangeiros (+7,5 por cento) e um milhão por residentes no território nacional (-10,6 por cento).

Os resultados preliminares dos primeiros oito meses do ano revelam a crescente procura do destino pelos estrangeiros. Dos 13 milhões de dormidas acumuladas entre janeiro e agosto na região (+8,0 por cento), 10 milhões referem-se a pernoitas de turistas estrangeiros, um milhão de dormidas a mais do que no período homólogo (+11,7 por cento).

Ainda segundo o INE, em agosto o número de hóspedes nos estabelecimentos hoteleiros do Algarve fixou-se em 588 mil (-0,7 por cento), face ao mesmo mês do ano passado, enquanto no período de janeiro a agosto registaram-se 2,8 milhões de hóspedes (+9,1%). Quanto aos proveitos totais, cresceram 10,7 por cento em agosto, para mais de 193 milhões de euros, sendo o valor acumulado desde o início do ano cerca de 562 milhões de euros (+17,8 por cento).

O presidente da Região de Turismo do Algarve (RTA) classifica os resultados “francamente positivos e ajustados às previsões para o destino”. Desidério Silva destaca ainda “o forte crescimento dos principais mercados externos, que realizaram um milhão de dormidas a mais em apenas oito meses, com França a ganhar lugar entre os cinco maiores emissores de turistas para a região”, juntando-se a Reino Unido, Alemanha, Holanda e Irlanda.

Informação retirada daqui
Enviar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mensagens populares

Recomendamos