Investidos 1,6 milhões em obras de dragagem em Portimão


A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) vai finalmente avançar com obras de dragagem na ria de Alvor, no concelho de Portimão, reclamadas há muito tempo pela comunidade piscatória local. A areia retirada da ria será usada para reforçar a parte nascente da praia de Alvor. O valor do investimento atinge quase 1,6 milhões de euros.

Segundo apurou o CM junto da APA, a dragagem começará "até ao final deste ano ou início do próximo". O arranque dos trabalhos sofreu algum atrasado devido a uma providência cautelar apresentada por uma das empresas concorrentes, mas a situação está resolvida.

Os pescadores de Alvor pedem há quase uma década que sejam feito o desassoreamento da ria, alegando que as embarcações de maior dimensão já não conseguem navegar na zona quando a maré está vazia.

A areia retirada da ria servirá para a alimentação artificial da praia de Alvor Nascente, ao longo de uma frente de mar de 1000 metros. Ao que apurou o CM, esta operação de enchimento permitirá o alargamento da zona das dunas em 10 metros, enquanto o areal da praia irá crescer cerca de 25 metros. O objetivo é reduzir os riscos de erosão e aumentar a capacidade de utilização balnear da praia.

Ainda no concelho de Portimão, está também previsto o enchimento da praia do Vau com areias provenientes da praia da Rocha. Esta obra consta do Plano de Ação Litoral XXI, elaborado pelo Ministério do Ambiente, estando previsto o investimento de 1 milhão de euros. 

A APA revela, no entanto, que ainda não está definida uma data para o início desta intervenção.

https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/investidos-16-milhoes-em-obras-de-dragagem-em-portimao
0